Drs. Daniel Sigulem e Nestor Schor


Placebo mais caro é mais eficaz

30/01/2015 19:28

De acordo com um recente estudo, até mesmo um placebo pode ser mais eficaz se for apresentado como um medicamento caro. Pesquisadores da Academia Americana de Neurologia descobriram que, independentemente do fato de não haver diferenças entre medicamentos de marca e genéricos, a percepção e/ou expectativa das pessoas, é de que um medicamento de preço mais alto influencia significativamente na eficácia da droga.

Durante a pesquisa, os investigadores injetaram nos participantes dois placebos para a doença de Parkinson. Todos foram informados de que estavam recebendo medicamentos diferentes. Eles também foram informados de que as drogas injetadas haviam sido testadas e "apresentaram eficácia comprovada”. Eles também foram informados de que a única diferença entre as drogas era o preço: uma custava US$ 100 por dose e a outra US$ 1.500 por dose.
Apesar de ambas, serem na verdade, a mesma solução salina, o placebo mais caro melhorou as habilidades motoras e minimizou o tremor da mão dos portadores da doença de Parkinson de forma mais eficaz do que o placebo barato.
Assim, os pesquisadores sugerem que algumas pessoas acreditam que “você recebe aquilo que você paga". 
A partir destes resultados, a equipe de pesquisadores espera usar o poder da sugestão para melhorar futuros tratamentos.
 

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!